Google Ads VS Facebook Ads

Cada negócio é um negócio e, como tal, a plataforma que melhor resulta para um, pode não resultar para outro! Com tantas opções para anunciar, como sabemos se estamos a fazer a escolha mais acertada para o nosso? 🤔

Neste artigo comparo as vantagens do Google Ads e do Facebook Ads, dando-te a conhecer algumas técnicas para poderes tomar uma decisão mais informada sobre a plataforma que melhor cumpre os objetivos do teu negócio!

Vamos lá? 😀

 

Google Ads

O Google Ads, anteriormente conhecido como Google AdWords, é uma plataforma de publicidade paga (por clique). Consiste na exibição de anúncios relacionados com os termos de pesquisa introduzidos pelos utilizadores, seja no motor de pesquisa Google, na sua Rede de Display, ou em qualquer plataforma integrante da sua Rede de Parceiros. 

É uma excelente forma de atrair utilizadores qualificados para o teu website, impulsionando o negócio! 😀

 

No Google Ads, é possível escolher onde e em que formatos pretendemos anunciar o nosso produto, marca ou serviço. Os anúncios podem surgir em 3 locais:

 

 

  • Rede de Pesquisa

 

A Rede de Pesquisa resume-se à plataforma “mãe” – o Google. No topo, e algumas vezes no rodapé, como já deves ter reparado, surgem anúncios. É através do Google Ads que consegues colocá-los lá.

 

  • Rede de Display

 

Na Rede de Display podes encontrar vários moldes, como o YouTube, onde se incluem os anúncios que surgem em forma retangular por cima do vídeo. Consegues mostrar anúncios numa gigantesca rede de websites e através de uma forte segmentação. Vais poder mostrar o anúncio a um utilizador interessado em saúde e beleza quando este estiver num blog de referência a ler um artigo sobre clínicas de estética, por exemplo.

(👉Se tiveres particular interesse neste tema, podes ler aqui no blog Como Anunciar no Youtube e Formatos de Anúncio no Youtube Ads! 😄)

 

  • Rede de Parceiros de Pesquisa

 

Na Rede de Parceiros de Pesquisa, podes encontrar um enorme conjunto de plataformas que utilizam tecnologia Google ou que têm parceria com a sua rede de parceiros – onde os anúncios também podem aparecer. Aqui, estão o Google Maps, o IOL, o SAPO, entre muitos outros websites e plataformas.

 

 

DICA: É uma vantagem competitiva interessante elaborar, dentro do Google Ads, uma estratégia integrada entre anúncios em Pesquisa e na Rede de Display. Desta forma, consegues alcançar, ao mesmo tempo, quem procura pelos produtos, serviços ou marcas que tens disponíveis, e quem ainda desconhecia a tua existência! 😁

 

Os anúncios aparecem maioritariamente na Rede de Pesquisa, que permite que exponhas os teus anúncios a utilizadores que pesquisaram efetivamente produtos ou serviços que a tua empresa oferece, através de palavras-chave em que estás a investir.

 

Atenta no seguinte exemplo:

Podem ainda surgir sob a forma de anúncio de texto, imagem ou vídeo em muitas outras plataformas.

Cada vez que um utilizador clica num anúncio, o anunciante paga uma certa quantia de dinheiro, daí que seja uma plataforma de pagamento “por clique”. 

Quando lançamos uma campanha de Google Ads, atribuímos a cada palavra-chave um CPC máximo, ou seja, um valor máximo que estamos dispostos a pagar por cada clique no nosso anúncio.

 

👉Se quiseres saber mais, podes fazer o download do meu e-book totalmente gratuito! 😄 Caso pretendas algo menos extensivo para ler, tenho um artigo aqui no blog sobre O que é o Google Ads?

 

Vantagens do Google Ads

  • Alcançar compradores;
  • Tem a maior audiência de todas as plataformas existentes;
  • Muita variedade de formatos de anúncios possíveis;
  • Inúmeras opções complementares, como extensões de anúncios;

(Se tiveres interesse sobre este tema, podes ler o artigo que escrevi aqui no BLOG sobre Extensões de Anúncios do Google Ads)

  • O anunciante tem liberdade de escolha quanto ao que quer investir e só paga quando alguém clica nos seus anúncios;
  • Só pagamos quando alguém clica no anúncio – em Pesquisa;
  • Em Display, existe até a opção de pagar por impressão visível, isto é, só é contabilizado como impressão quando 50% do anúncio é mostrado no ecrã do utilizador durante, pelo menos, um segundo;
  • Elevada capacidade de segmentação, sendo possível filtrar os anúncios por palavra-chave, local, idioma, dispositivo, etc.
  • Altamente mensurável, permitindo saber se as campanhas estão a atingir os objectivos propostos;
  • Possibilidade de melhorar os resultados otimizando as campanhas, quer através da própria plataforma, quer complementando com informação proveniente do Google Analytics;
  • Não existem compromissos temporais.

 

Facebook Ads

O Facebook Ads é uma plataforma muito semelhante ao Google Ads, com a exceção de que, aqui – adivinha só -, a publicidade paga aparece em forma de anúncios na rede social Facebook. 😆

Os anúncios do Facebook Ads podem aparecer nos seguintes locais:

  • Feed do Facebook
  • Feed do Instagram
  • Marketplace do Facebook
  • Feed de vídeos do Facebook
  • Messenger

 

Os anúncios são exibidos maioritariamente no Feed de notícias do Facebook, conhecido (e muito bem) por todos nós.

O Facebook é uma rede social muito forte competitivamente, tendo a maior quantidade de utilizadores ativos entre todas as redes sociais da atualidade. 😮

Os Facebook Ads são mostrados a utilizadores que não estão a pesquisar ativamente um produto ou serviço específico, contrariamente ao que acontece no Google Ads.

Uma vez que os utilizadores do Facebook partilham grande parte da sua vida na rede social, estes também pesquisam e interagem com conteúdo referente a interesses pessoas, sejam eles negócios, produtos, ideias ou serviços que necessitam ou desejam. 

A melhor parte disto é que todos esses dados acabam por estar disponíveis a todos e permitem que os anunciantes encontrem facilmente o seu público-alvo, a audiência perfeita!

Para melhor perceberes esta poderosa capacidade de segmentação do Facebook Ads, partilho contigo uma das opções de segmentação mais conhecidas do Facebook: 

  • é possível um anunciante fazer upload de informações sobre a sua base de clientes atual, e o Facebook consegue, então, criar um público semelhante a essa base de clientes. Essa nova lista estimará novos utilizadores que tenham o mesmo comportamento e os mesmos interesses do que os clientes já existentes. 😮

 

Vantagens do Facebook Ads

  • Maior capacidade de segmentação;
  • Chega a uma audiência mais ampla;
  • Alcançar potenciais clientes;
  • Criar brand awareness;
  • Muita variedade de formatos de anúncios disponíveis;
  • Uma das plataformas de publicidade mais acessíveis 💲 atualmente;
  • ROI elevado com um orçamento menor;
  • Anúncios visualmente mais apelativos, integrados na própria rede social.

 

Google Ads vs. Facebook Ads

A melhor escolha assentará no conhecimento da audiência que se pretende alcançar, no tipo de negócio e nos seus objetivos! 🙂

Para negócios baseados em intenção, que vendem produtos e/ou serviços, e a empresa necessita apenas de mostrar que tem a resposta aos desejos ou necessidades das pessoas, o Google Ads é o ideal.

As pessoas recorrem ao Google para pesquisar algo que procuram, sejam meras respostas às suas perguntas ou produtos e serviços que necessitam. O Google Ads é ótimo para isso, porque funciona numa base de intenção

Quando as pessoas digitam no Google “sapatos para homem”, por exemplo, é porque, muito provavelmente, desejam comprar sapatos para homem.

Portanto, devemos optar por anunciar na Rede de Pesquisa se pretendermos alcançar clientes enquanto pesquisam pelos nossos produtos ou serviços.

O principal objetivo da publicidade no Google Ads é direcionar para o nosso website os utilizadores que estão a pesquisar ativamente por um produto ou serviço oferecido pela nossa empresa. 🙂

Por isso, o Google Ads funciona melhor para uma audiência específica.

Quanto ao orçamento, embora algumas pessoas pensem que é necessário um grande orçamento de publicidade digital para ser competitivo e conseguir fazer frente aos concorrentes no Google Ads, não é bem assim que funciona. ❌

O Google Ads funciona com base numa lógica de “leilão” onde contam 3 fatores:

 

  • CPC máximo 

 

(valor máximo que estamos dispostos a pagar por um clique)

 

 

(medida utilizada para classificar a qualidade da mesma com base na taxa de cliques prevista, na relevância e na qualidade da página de destino)

 

  • Impacto das extensões de anúncios e outros formatos

 

 

Quanto mais elevado for o Índice de Qualidade, mais baixo será o custo por clique, o que levará a melhores posições para exibir o anúncio com um investimento reduzido.

 

Sempre que um utilizador efetua uma pesquisa, ocorre um “leilão” onde todas as variáveis são tidas em conta, e é por esse motivo que a posição dos anúncios Google é tão volátil, podendo mudar vários vezes ao longo do dia, ou até no mesmo minuto! 😮

Como vês, não é apenas o orçamento que importa aqui! Portanto, se não tens um grande orçamento, trata de OTIMIZAR ao MÁXIMO os teus anúncios, para que consigas fazer frente à concorrência (sim, é possível)! 😉

👉Descobre 10 Maneiras dos Anúncios Google Ads se destacarem!

 

O Facebook Ads, contrariamente ao Google Ads, não possui um funcionamento assente na intenção. A razão primordial pela qual as pessoas estão presentes na rede social é o facto de se poderem conectar com os seus amigos, familiares ou conhecidos. 

Assim sendo, é provável que os anúncios no Facebook não alcancem tantas conversões quanto as que conseguiriam no Google Ads. 😕

Se o teu negócio vende produtos de cosmética, por exemplo, supondo que o teu principal objetivo é que os anúncios cheguem a pessoas interessadas em beleza no geral, o Facebook Ads talvez seja a escolha mais acertada.

O modelo de baixo custo e alto ROI do Facebook Ads torna-o numa plataforma muito agradável especialmente para pequenas empresas com orçamentos limitados.

Ainda assim, é interessante olhar para estas duas plataformas como complementares e não tanto como concorrentes. Uma estratégia de marketing holística tem, geralmente, um maior impacto no ROI de um negócio! 🙌

Eu, por exemplo, escolho apostar nas duas! 😀

 

Mas, afinal, qual é a plataforma mais adequada para anunciares o teu negócio? 

 

Se querias mesmo uma resposta clara a esta pergunta, a única coisa que posso dizer-te é que só tu vais conseguir perceber qual a escolha mais acertada para o teu negócio! 😜

Se o teu principal objetivo é alcançar potenciais clientes que já estão no processo da compra, então o Google Ads é, efetivamente, o mais adequado.

Se a tua pretensão é apenas criar brand awareness e chegar a uma audiência mais ampla, então o Facebook Ads é a plataforma ideal, pois os teus anúncios chegarão a uma grande audiência com um custo menor!

 

Tentei resumir num esquema a informação disposta no artigo 👇👇

 

Neste artigo, leste sobre:

  1. O que é o Google Ads?
  2. Vantagens do Google Ads
  3. O que é o Facebook Ads?
  4. Vantagens do Facebook Ads
  5. Google Ads vs. Facebook Ads
  6. Qual a plataforma mais acertada para anunciar o meu negócio?

 

Caso tenhas interesse em ler um artigo mais elaborado sobre o funcionamento e os benefícios de cada plataforma, escreve nos comentários abaixo! 🙂👇👇 

Solicitar Orçamento

Procura um Consultor com vasta experiência na área do Marketing Digital, focado em alcançar objectivos e em aumentar o ROI dos seus Clientes? Não hesite:

Subscreva a newsletter!

    Siga este link para aceder a Política de Privacidade
No Comments

Comente

Mais artigos

Ver todos os artigos