O que é o Google Ads?

Quando vais ao Google e fazes uma pesquisa, a título de exemplo, por sapatos vês alguns links azuis em destaque na página, que descrevem esse termo. Certo?

Em seguida, decides entrar no teu blog favorito e deparaste com banners com anúncios em alguns locais da página. Para fechar o dia, colocas o videoclipe daquela música no Youtube que tanto gostas, mas antes de começar a tocar, tens de aguardar para fazeres “skip” ao anúncio.

Estas situações parecem-te familiares? Pois, e se te disser que se tratam de exemplos de anúncios feitos via Google Ads? Sabes ao que me refiro? Não? Então, continua a ler.

Neste artigo vou explicar tudo sobre o que é o Google Ads.

Google Ads: O que é isso?

Além de ser um dos maiores motores de pesquisa da Internet o Google é uma excelente ferramenta de anúncios e promove espaços para a inserção de campanhas por meio do Google Ads, a sua plataforma concebida especialmente para o efeito, de forma a que os anunciantes possam transmitir a sua mensagem de forma eficiente para os seus Clientes ou potenciais Clientes.

Criada em 2001, a plataforma é uma forma extremamente rentável para anunciar produtos, serviços e marcas. Prova disso são os seus números superabundantes. Em 2017, o Google lucrou 70 biliões de euros com receita publicitária muito mais do que os 23 biliões de euros que, o Facebook, a maior rede social do mundo, ganhou com publicidade.

Mas porque o Google Ads é assim tão lucrativo? O que o torna uma plataforma de anúncios tão eficiente? A resposta está na forma como o produto permite que as empresas se aproximem dos potenciais Clientes.

Nesta plataforma, as empresas não pagam apenas para se destacarem na internet via, por exemplo, os “links patrocinados” que citamos na abertura deste artigo. Elas podem escolher, também, a forma como se aproximam desses clientes, abordando clientes em geral ou investindo num público muito segmentado. Em alguns casos hiper segmentado e com a intenção de fazer a acção pretendida!

Com esta estratégia, as empresas ganham porque investem não só em audiências, e sim na audiência certa, a qualificada, que poderá trazer-lhe resultados mensuráveis com aumento nas suas vendas e nas margens de lucro.

O que é o Google Ads?

Palavras-chave

Aliás, o grande diferencial do Google Ads em relação aos outros instrumentos de campanhas digitais é permitir que as empresas, com base em cookies e palavras-chave, escolham onde os anúncios serão exibidos aos potenciais compradores.

Locais onde é possível criar anúncios via Google Ads

Para que uma empresa possa veicular os seus anúncios utilizando o Google Ads é possível investir em quatro plataformas. Conhece as particularidades de cada uma delas.

Anúncios na rede de pesquisa

Sabes quando vais vai fazer uma pesquisa qualquer no Google, e no topo da página aparecem alguns links acompanhados da legenda “anúncio”? Estes são os anúncios da Google em pesquisa, uma das formas de anúncio via Google Ads.

Esta forma de anunciar é muito eficiente para empresas que desejam atingir públicos mais específicos, que estão à procura de um determinado produto ou serviço – por exemplo, quando pesquisam por: camisas verdes tamanho L.

Os anúncios via Google Ads podem ser um bom negócio para as empresas porque o anunciante só irá pagar quando um utilizador clicar no link indicado e aceder ao seu website, resultando numa excelente relação entre custo e benefício.

Anúncios na Rede de Display Google (GDN)

Lembras-te quando demos o exemplo do teu blog favorito, que tem um banner com um anúncio em algum ponto da página?

Então, esses são os anúncios na Rede de Display do Google. São muito comuns por estarem em websites, páginas de notícias e blogs, e alcançam até 90% dos utilizadores em todo o mundo.

Além do seu alcance, segundo as últimas estimativas, mais de dois milhões de anúncios são exibidos em websites diariamente, este tipo de anúncios permitem que a tua empresa filtre a publicidade de acordo com o público que quer atingir.

Os anúncios na Rede de Display da Google podem ser segmentados por públicos, incluir palavras-chave, ter informações demográficas inseridas e até remarketing ou, ainda, incentivar os clientes que quer atingir para dar a conhecer a marca.

Esse tipo de anúncios faz sucesso também porque estão disponíveis em mais do que um formato. Por exemplo, existem anúncios gráficos, anúncios exibidos em formatos de caixa de texto, anúncios personalizados para o Gmail ou, ainda, aqueles elaborados para exibição exclusivamente em aplicações para smartphones ou tablets.

Anúncios no Youtube

Esta é, talvez, uma das formas mais conhecidas de Google Ads, afinal todos nós que vemos vídeos no Youtube já nos deparamos com anúncios, exibidos antes ou durante o vídeo.

Pelo seu alcance, mais de um bilião de pessoas utilizam a plataforma, veicular um anúncio no Youtube pode ser uma excelente forma de aumentar o reconhecimento da marca, já que o espaço permite, ainda, que segmentes o anúncio para uma determinada faixa etária, género, local ou outros interesses.

Além disso, pode ser bastante vantajoso financeiramente, pois os anunciantes só pagam pelo anúncio quando os utilizadores vêm a totalidade do anúncio ou pelo menos 30 segundos do mesmo. Se o utilizador saltar o vídeo antes dos 30 segundos, ou interromper a exibição antes que ele acabe, o anunciante não qualquer valor. É o método de CPV (Custo por visualização) em campanhas TrueView.

Anúncios de aplicações

Este formato de anúncios tem crescido rapidamente e podem ser vistos em aplicações desenvolvidas tanto para smartphones que usam o sistema iOS, da Apple, ou para os que operam com Android, do Google.

Os anúncios de aplicação podem ser vistos com mais frequência quando descarregamos apps gratuitas, como jogos, por exemplo.

Como funciona o Google Ads?

Agora que conheces todas as formas de anunciar via Google Ads está na altura de perceber como realmente funciona. Ao contrário do que possa parecer, não basta apenas pagar o anúncio que o Google fará o resto. Nada disso!

Será preciso empenho por parte do anunciante para que o seu investimento traga o retorno desejado. Isso porque o Google Ads funciona como uma espécie de leilão, onde os anunciantes investem para obter cliques. Cliques esses que se devem traduzir em resultados!

Mas, ao contrário da operação tradicional de um leilão, aqui nem sempre quem consegue mais cliques é aquele que paga a quantia maior. No Google Ads estão envolvidas outras variáveis, como a qualidade do anúncio. Ou seja, para o Google, mais importante do que o valor é a relevância que o anúncio vai ter para o utilizador. Este algoritmo que mede a qualidade e relevância do anúncio chama-se: Índice de Qualidade.

Como sei se o meu anúncio Google é realmente bom?

Para medir a qualidade de um anúncio, o Google utiliza um indicador, o Ad Rank, ou Classificação do anúncio em português, que analisa o índice de qualidade de uma palavra-chave, o valor de licitação e o impacto das extensões e outros formatos. Recordo que a qualidade pode, e tipicamente acontece, prevalecer sobre o valor da licitação.

Como posso criar uma conta no Google Ads?

Para começar, é preciso aceder ao endereço do produto, em ads.google.com. Em seguida, basta clicar em “Começar agora” e, na página seguinte, introduzir o endereço de e-mail – tem de ser uma conta Google – ao qual pretendes vincular a tua conta do Google Ads e o teu site (caso não tenhas uma conta no Google, vais ter de criar uma).

Depois de clicar em “continuar”, o Google irá dar início à configuração guiada, mostrando todos os passos necessários para que cries a conta no Google Ads.

Na próxima etapa será necessário preencher alguns dados solicitados e, então, ajustar a tua primeira campanha de teste para, enfim, começares a usar a plataforma de anúncios do Google.

Nesta parte será preciso preencher alguma informação sobre a empresa, qual é a tua primeira campanha e qual será a forma de pagamento utilizada na plataforma.

Como posso criar um bom anúncio no Google Ads?

Compreender como o Google Ads funciona é um ponto importante para quem deseja utilizar esta forma de anunciar e aumentar as vendas. Mas, como já referi, o Google Ads não faz milagres sozinho. É preciso ter um óptimo anúncio.

Para criar o anúncio perfeito em Google Ads e ser bem-sucedido, é preciso seguir alguns truques. Por exemplo, ao escreveres o teu título, procura uma expressão que resuma o que o público-alvo realmente precisa naquele momento.

Aqui podes, por exemplo, chamar directamente o teu público, atacar o problema sem rodeios, provocá-lo, despertar a curiosidade, fazer alguma “promessa” ou oferecer informações.

Em seguida, trabalha numa boa descrição do anúncio, utilizando expressões e argumentos que deixem o utilizador interessado no produto. Neste caso, vale a pena investir em descrições de recursos, benefícios do produto, algo que mostre o teu factor de diferenciação, um testemunho da qualidade da tua solução, uma frase chamativa ou, ainda, uma promoção.

No próximo ponto, trabalha o URL de visualização utilizando, como nome do endereço, o domínio da empresa e a oferta que irás dar ao utilizador que clicar no no anúncio.

Para o URL de destino, outra chamada de atenção. Na altura de criar um bom anúncio no Google Ads, é importante redireccionar o utilizador para uma página que ofereça exactamente aquilo que ele procura, como uma landing page criada especialmente para isso.

Além destas técnicas, existem outros recursos que podes aplicar nos anúncios, como as extensões de anúncio, local onde podem ser incluídas informações complementares, tornando tua oferta ainda mais atraente.

Erros a evitar na criação de Google Ads

Sabes exactamente o que fazer para criar o teu anúncio no Google Ads, certo? Agora é preciso saber o que jamais deves fazer.

Evita, por exemplo, espaçamento exagerado entre as palavras, pontuações e símbolos que ocultem o real significado das palavras, repetição de termos, linguagem ofensiva ou com erros gramaticais ou, ainda, anúncios repletos de superlativos.

Agora que sabes o que é e como funciona o Google Ads, nada como pôr em prática para testar esses conhecimentos. Deixa um comentário a dar conta de como correu!

Consultor de Marketing Online e Search Engine Marketing, nos portais de E-commerce Pestana.com e Pousadas.pt, com foco na Optimização de Sites para os Motores de Busca, SEO, gestão de campanhas Google Adwords, SEA, e dinamização de Redes Sociais.

Solicitar Orçamento

Procura um Consultor com vasta experiência na área do Marketing Digital, focado em alcançar objectivos e em aumentar o ROI dos seus Clientes? Não hesite:

Subscreva a newsletter!

    Siga este link para aceder a Política de Privacidade
No Comments

Comente

Mais artigos

Ver todos os artigos