Google Shopping: 11 Dicas para Vender Mais

São inúmeras as empresas que viram os seus rendimentos altamente afetados pela crise que trouxe a pandemia Covid-19. Como nem tudo é mau, as empresas que tiveram de fechar as suas lojas durante período indeterminado acabaram por apostar no marketing digital para se salvarem. 

Todos sabemos que as compras online são um fenómeno crescente e que veio para ficar, pelo que muitas destas empresas, felizmente, foram muito bem-sucedidas nesta nova forma de negócio!

Ainda assim, é importante referir que muitas outras não tiveram, nem têm ainda, possibilidade de apostar em larga escala no Marketing Digital. Tendo isso em conta, a Google tomou medidas para as salvaguardar.

Neste artigo vais ler:

  1. O que é o Google Shopping?
  2. Vantagens de Anunciar no Google Shopping
  3. Agora é Gratuito Anunciar com o Google Shopping?
  4. Como aparecer nos resultados orgânicos do Google Shopping?
  5. Dicas de SEO para Vender Mais no Google Shopping

 

Se estás curioso para saber que medidas são estas e como podes vender mais no Google Shopping com SEO, continua a ler!

 

O que é o Google Shopping?

O Google Shopping é, tal como o nome indica, uma plataforma pertencente à Google e que se assemelha a um shopping, com a única diferença de que é online.

Esta plataforma permite exibir produtos relevantes para cada utilizador, tendo em conta a sua pesquisa no Google. Os utilizadores conseguem ver os produtos através de fotografias ou imagens, as respetivas lojas, e até as reviews de outros utilizadores sobre o mesmo produto.

Para que uma “loja virtual”, chamemos-lhe, apareça nos resultados do Google Shopping, normalmente, é necessário pagar por esse serviço.

Contudo, devido a todo o contexto decorrente da pandemia por Covid-19, a Google tomou medidas para salvaguardar os negócios, mesmo os de pequena ou média dimensão, de maneira a que não tenham de realizar um grande investimento para exporem os seus produtos.

Antes de explicar melhor tudo isso, apresento-te as principais vantagens do Google Shopping!

 

Vantagens de Anunciar no Google Shopping

São muitas as vantagens de anunciar no Google Shopping. Apresento-te as que considero mais importantes:

  • Chama mais a atenção dos utilizadores, uma vez que mostra o aspeto visual do produto;
  • A Taxa de Cliques acaba por ser mais alta do que nas campanhas para a Rede de Pesquisa do Google;
  • Tem geralmente altas taxas de conversão, quando os anúncios estão otimizados para SEO;
  • Permite que o utilizador compare preços mais facilmente, o que é um ponto a favor caso os preços dos teus produtos sejam competitivos;
  • É possível aumentar ou diminuir os lances facilmente, com base nos dados dos produtos com melhores resultados;
  • Permite criar relatórios personalizados para cada produto.

 

Passemos agora às medidas de que te falei anteriormente.

 

Agora é Gratuito Anunciar com o Google Shopping?

 

Desde o mês de abril que não é obrigatório anunciar com o Google Ads para aparecer nos resultados de pesquisa do Google Shopping. 

Aliás, muitos dos resultados do Google Shopping são agora listas “gratuitas”, na medida em que não pagaram nada para lá estar!

A Google pretende implementar esta alteração a nível global até ao final do ano de 2020. Nos EUA, a novidade chegou ainda antes do final de abril.

Já sabemos que um bom trabalho de SEO nos permite aparecer nos primeiros resultados da Rede de Pesquisa do Google, sem qualquer custo monetário. 

A isto, acrescenta-se agora a possibilidade de os nossos anúncios surgirem nos resultados orgânicos do Google Shopping, com informações dos produtos e sem nenhum custo adicional!

(Se os teus anúncios estiverem otimizados para SEO, é mais provável que apareçam nos resultados de pesquisa orgânicos do Google Shopping, acompanhados por informações como preço, disponibilidade em stock, classificações, etc.)

Desta forma, a Google vai conseguir ajudar as empresas a conectarem-se melhor com os seus consumidores, independentemente do facto de anunciarem ou não no Google (de forma paga). 

As chamadas listagens pagas vão continuar a aparecer nos espaços de publicidade para elas destinados, mantendo o funcionamento normal já conhecido.

 

Ainda existem muitas empresas que, apesar de terem os seus produtos disponíveis em stock e prontos a serem distribuídos, não têm uma presença online suficientemente forte para chegar às pessoas.

Como sabemos, o Google conecta, a cada segundo, milhões de pessoas, juntando quem procura a quem quer ser encontrado

Nesse sentido, penso que esta medida seja uma estratégia da Google para fazer frente ao crescimento da Amazon, que se tem vindo a constituir como um gigantesco canal online de pesquisa de produtos. 🤔

Não obstante, é fantástico que a Google tome esta iniciativa, por ser uma medida da qual vamos todos poder usufruir.

Para os comerciantes, esta decisão da Google significa uma exposição gratuita a milhões de pessoas que realizam pesquisas diariamente para atenderem às suas necessidades e desejos.

Para os consumidores, significa um acesso facilitado a mais produtos e a mais lojas, que podem ser descobertas através dos resultados de pesquisa do Google Shopping.

Quanto aos habituais anunciantes no Google Shopping, as suas campanhas (pagas) podem agora ser extendidas com listagens gratuitas que vão aparecer nos resultados orgânicos!

 

Então, como aparecer nos resultados orgânicos do Google Shopping?

 

Ora, apostando em SEO para Google Shopping, claro! 😃

Porém, antes disso, tens de cumprir alguns requisitos. 

Vê abaixo! 

👇👇

Caso já sejas anunciante habitual no Google Shopping e com o Google Merchant Center, e fizeres também parte do programa Google plataformas, provavelmente já reúnes os requisitos necessários para exibires os teus produtos gratuitamente no Google Shopping:

Basta ativar os feeds de produtos existentes no Google plataformas

Como o podes fazer?

Para aproveitares esta nova alteração que a Google vai implementar até ao final de 2020, deves ativar o Google Plataformas, caso ainda não o tenhas ativado.

É possível ativar o Google plataformas durante o processo de inscrição no Merchant Center para começares a criar o teu feed de produtos.

A página de Ajuda do Google Merchant Center mostra-te todos os detalhes para que não deixes escapar esta oportunidade para anunciares gratuitamente no Google Shopping!

A própria Google explica até como podes mostrar os teus produtos no Google plataformas local !

Também podes adicionar itens ao teu feed de produtos para facilitares ainda mais a integração nestas listagens gratuitas.

Para os novos anunciantes no Merchant Center, por outro lado, a Google ainda está a trabalhar na otimização de todo o processo. De qualquer forma, o programa já está disponível e não requer a utilização do Google Ads. 

 

Além disto, a Google está a desenvolver uma nova parceria com o PayPal para que os comerciantes possam vincular as suas contas. 😮

Deste modo, todo o processo de integração dos comerciantes será agilizado, para além de se garantir que os resultados apresentados são os mais relevantes para os utilizadores.

A Google anunciou ainda que vai continuar a trabalhar em estreita colaboração com muitos dos seus parceiros, como o Shopify, WooCommerce e BigCommerce, que ajudam os comerciantes a gerir os seus produtos e inventário. 

Com estas novas medidas, o principal objetivo da Google é tornar o comércio digital mais acessível a todas as empresas, mesmo as mais pequenas.

 

Como partilho do mesmo objetivo que a Google, em seguida, dou-te 11 dicas de SEO para aumentares as tuas vendas no Google Shoping sem despenderes mais dinheiro! 💰

 

Dicas de SEO para Vender Mais no Google Shopping

 

Não estão totalmente claros os fatores de SEO que realmente influenciam os resultados orgânicos no Google Shopping.

Ainda assim, os anúncios com bons títulos, descrições detalhadas e imagens otimizadas para SEO têm, geralmente, um desempenho superior nos resultados orgânicos do Google Shopping.

O SEO que deves fazer para os teus anúncios do Google Shopping é muito semelhante ao SEO que se faz em websites e anúncios noutras plataformas pagas.

👉 Descobre já 10 Maneiras de os Anúncios Google Ads se Destacarem

Se as tuas páginas web estiverem todas otimizadas, o SEO para Google Shopping vai ser relativamente fácil e rápido!

Pelo contrário, se estiveres a trabalhar em SEO pela primeira vez, esta otimização vai ser um processo bastante moroso, mas que valerá totalmente a pena a longo prazo!

Por isso, vamos lá, não é? 😃

 

Dica #1 – Melhora os Títulos dos Produtos

Tal como os títulos das páginas web, os títulos dos teus produtos no Google Shopping são fulcrais!

Otimiza os títulos dos teus produtos com base nas categorias a que pertencem. Faz uma pesquisa das palavras-chave mais utilizadas e inclui nos títulos as que melhor representam os teus produtos.

Cria testes em que comparas várias palavras-chave no feed e identifica quais são as que estão a alcançar melhores resultados. Assim, saberás qual deves escolher!

Se o tamanho, o público ao qual é destinado, ou a marca do produto forem relevantes, deves incluir essas características no título!

Mas ATENÇÃO! Evita o excesso de palavras-chave. Palavras que não acrescentam qualidades ao produto ou que não servem para o representar melhor devem ser eliminadas! ❌

 

Dica #2 – Otimiza as Imagens dos Produtos

Depois de otimizares os títulos para SEO no Google Shopping, deves otimizar também as imagens para SEO.

Em primeiro lugar, assegura-te de que a imagem utilizada no anúncio tem boa qualidade e é apelativa, destacando os pontos fortes do produto. Este deve estar centralizado na imagem e costumo aconselhar que o fundo seja branco. 

Simplicidade é tudo. A imagem do produto é a primeira coisa que as pessoas vêem quando olham para um anúncio, portanto, devem entender logo de que se trata.

Lembra-te de que a Google tem atenção às imagens e verifica a existência de marcas de água, logotipos, entre outros. Essas marcas só podem ser exibidas se estiverem presentes no próprio produto.

 

Dica #3 – Estabelece Preços Adequados

É importante que os teus produtos apresentem um preço adequado e competitivo. Tem em mente que preços demasiado baixos podem gerar dúvidas acerca da qualidade do produto. 

Preços demasiado altos, por outro lado, não são tão atrativos para os consumidores, que provavelmente vão considerar que conseguem o mesmo produto por um preço mais baixo. 🙁

 

Dica #4 – Escreve Boas Descrições 

As descrições dos produtos devem ser esclarecedores, apresentando todas as informações relevantes.

É importante, mais uma vez, incluir as palavras-chave principais para SEO, tal como fizeste no título do produto. Aqui podes também incluir todas as palavras-chave secundárias que não foi possível incluir no título!

A descrição deve mostrar os pontos diferenciadores dos teus produtos. Na minha opinião, as descrições devem contar com o máximo de informação possível sobre os produtos. Desde que sejam informações relevantes, nunca são excessivas!

 

Dica #5 – Analisa a tua Concorrência

Observa aquilo que os teus concorrentes estão a fazer. Quais os preços praticados na tua área de negócio? Como são as imagens dos seus anúncios? O que incluem nas descrições dos produtos? 🔎

Esta análise vai dizer-te aquilo que deves ou não fazer, baseando-te no (in)sucesso das estratégias usadas pela tua concorrência.

Muitas vezes, é esta verificação que nos fornece as informações para fazermos as alterações necessárias no vender mais com o Google Shopping!

 

Dica #6 – Configura corretamente o GTIN

O GTIN no Google Shopping, isto é, o número Global de Item (Global Trade Item Number) é aquilo que identifica os teus produtos.

Para que eles sejam exibidos nos resultados de pesquisa do Google Shopping, deves configurar corretamente o GTIN. Caso não o faças, os teus produtos não vão ser exibidos.

O uso do código de barras e do GTIN proporciona-te vantagens como uma maior possibilidade de dirigir o anúncio ao público certo, a maximização do número de impressões, e até mesmo o aumento do número de conversões!

 

Dica #7 – Otimiza as Categorias dos Produtos

As categorias e o tipo dos produtos são características que não são apresentadas aos utilizadores, mas que, ainda assim, são pontos a favor para os teus anúncios serem exibidos nos resultados de pesquisa do Google Shopping! 

Quanto mais informação houver sobre um produto, mais fácil é categorizá-lo com precisão. Assim, o Google tem acesso a mais informações sobre os teus produtos e consegue enquadrá-los melhor nas pesquisas dos utilizadores!

Embora a Categoria seja o único requisito que é necessário preencher para os anúncios no Google Shopping, a otimização do Tipo de Produto é outra oportunidade para aumentar a relevância e vender mais no Google Shopping! 💰

 

Dica #8 – Cria Diferentes Grupos de Anúncios

Para que consigas organizar da melhor forma os teus produtos, cria diferentes grupos de anúncios!

Podes separá-los por marca, categoria do produto, produtos em promoção, etc., ou então pelas categorias que definiste no ponto anterior!

Desta forma, é mais fácil monitorizar cada anúncio e cada Grupo de Anúncios.

 

Dica #9 – Faz um Ranking do teu Mix de Produtos

Caso o teu negócio possua um portfólio muito extenso, o meu conselho é organizares o trabalho de SEO para Google Shopping numa espécie de ranking.

No topo de ranking devem estar os produtos com maior potencial de venda e elevado volume de procura nos motores de pesquisa. A partir daí, é só ir organizando o ranking de forma decrescente, por relevância.

O SEO é um trabalho contínuo e o SEO para Google Shopping não é diferente! Trabalha aos poucos, até que toda a tua linha de produtos cumpra todos os pontos do SEO para Google Shopping. Aí, certamente verás os resultados!

Depois disto, é só continuar a monitorizar os anúncios e ir a adaptando-os para garantir os bons resultados! ✅

 

Dica #10 – Usa Palavras-Chave Negativas

A escolha de palavras-chave negativas evita que os teus anúncios sejam apresentados em pesquisas irrelevantes para a conversão.

Assim, é possível segmentar e garantir que os teus produtos chegam a quem realmente tem interesse neles. 🙂

A utilização eficaz das palavras-chave negativas pode melhorar muito o desempenho e a eficiência dos anúncios no Google Shopping. Porquê? Isso leva-nos à última dica. 👇

 

Dica #11 – Trabalha para ter boas Avaliações nos teus Produtos

As opiniões dadas online sobre os teus produtos são também muito importantes para o SEO no Google Shopping. 

Quem pesquisa produtos na internet com o intuito de comprar, procura sempre saber a opinião dos outros sobre esses mesmos produtos, não é verdade?

Se os teus produtos possuírem muitas avaliações positivas, isso vai certamente aumentar a probabilidade de conversão dos utilizadores!

As avaliações aparecem sob a forma de estrelas abaixo do anúncio. Existem 5 estrelas, sendo que o preenchimento das 5 significa que é um produto de excelente qualidade. ⭐

Quando maior for a classificação dos teus produtos, mais destaque vão ter os teus anúncios, além de apresentarem aos utilizadores uma maior credibilidade e confiança, aumentando a taxa de cliques e as conversões!

 

 

Sabias destas dicas para vender mais no Google Shopping? 

E qual a tua opinião sobre as novas medidas da Google? Vais aproveitá-las? 😉

 

Solicitar Orçamento

Procura um Consultor com vasta experiência na área do Marketing Digital, focado em alcançar objectivos e em aumentar o ROI dos seus Clientes? Não hesite:

Subscreva a newsletter!

    Siga este link para aceder a Política de Privacidade
No Comments

Comente

Mais artigos

Ver todos os artigos