Vídeo: Como medir as conversões que vêm da assinatura de e-mail?

Como sabes, nos últimos tempos, tenho procurado partilhar dicas que considero simultaneamente úteis e práticas, para te ajudar ao máximo na tua jornada pelo marketing digital!

Se trabalhas em marketing digital ou acabas de entrar neste mundo absolutamente fascinante, terás como objetivo desenvolver determinadas campanhas, que visam gerar tráfego para as páginas do teu website, para que possas obter leads e, posteriormente, o máximo de conversões possível!

Ora, depois de analisar as questões que me têm feito, percebi que o Google Analytics é um tópico que suscita muitas dúvidas, sendo, indubitavelmente, fundamental na análise de dados das campanhas que desenvolvemos no digital!

É por esse motivo que te escrevo, hoje, precisamente, sobre Google Analytics! 😃

Começo por te confessar que, por curiosidade e porque gosto genuinamente de conhecer os meus alunos o melhor possível, no meu curso de Google Analytics (como nos restantes que faço), tenho o hábito de lhes fazer perguntas…

Nessa medida, há três que já são um clássico e cujas respostas já me são altamente previsíveis…

    • – Começo sempre por perguntar quantas pessoas têm assinatura de e-mail, e muita gente tem…
    • – De seguida, questiono quantas pessoas têm um link para o seu website, na sua assinatura de e-mail, e muitas a respondem-me que têm…
    • – Contudo, há uma pergunta final para a qual ninguém costuma ter resposta: “quantas pessoas é que clicam no link para o vosso website que têm na vossa assinatura de e-mail?”

Ninguém costuma saber responder a esta questão e esta é fonte de tráfego extremamente importante! Mas não te preocupes! É nisso mesmo que te vou ajudar, hoje, dando-te a conhecer o que é um URL Builder

Para que possas compreender este tema na perfeição e, portanto, usá-lo para melhorar a medição do desempenho das tuas páginas web, vou centrar-me em três pontos fundamentais:

1.O que é um URL Builder?

a. O que são parâmetros UTM?

b. Exemplos de ferramentas para URL building – Google Analytics Campaign URL Builder

2. Quando e como usar um URL Builder?

3. Como analisar as conversões das campanhas, em Google Analytics?

 

Mais em baixo, podes encontrar um VÍDEO exemplificativo que te vai mostrar como usar um URL Builder para responder à questão que coloquei e uma ferramenta fabulosa que criei especialmente para ti e que te vai ajudar neste processo. 

Para já, vamos garantir que dominas o assunto! 😉

 

1. O que é um URL Builder?

Um URL Builder é uma ferramenta que permite a adição de parâmetros UTM a um URL, com o fim de obter um registo de dados relativos a uma determinada campanha no digital.

 

a. O que são parâmetros UTM?

Os parâmetros UTM (Urchin Tracking Modules) são códigos que, quando (corretamente) colocados num URL, permitem a obtenção de dados e a monitorização de determinados aspetos dessa página web; assim, tornando-se legíveis para o Google Analytics, permite-te tecer conclusões mais acertadas sobre o desempenho da mesma, ou seja, sobre o percurso que o utilizador segue para chegar ao website!

Os parâmetros UTM podem ser: 

Obrigatórios 

  • – utm_source (a origem do teu tráfego: pode ser e-mail marketing, um CPC (Cost Per Click), entre outros)
  • – utm_medium (o meio a partir do qual o teu tráfego é gerado: pode ser o Google, uma newsletter, etc.);
  • – utm_campaign (o nome da campanha: pode ser o lançamento de um eBook, a venda do produto X, etc. Aqui, é, também, costume colocar-se o nome do funcionário que desenvolve a campanha).

Opcionais 

  • – utm_term (a palavra-chave – keyword; este campo é maioritariamente preenchido quando se trata de um anúncio pago);
  • – utm_content (aqui, poderás acrescentar quaisquer outras informações, como quando pretendes fazer testes A/B ou queiras distinguir links dentro de uma mesma origem (Source)).

Não fiques já preocupado! Entenderás como tudo isto funciona, na prática, mais à frente (inclusive, no VÍDEO abaixo)! 😉

Ora, a verdade é que é possível criares os teus próprios URLs manualmente, mas já existem ferramentas que constroem os URLs por ti: são eles, precisamente, os URL builders! 😀

 

b. Exemplos de ferramentas para URL building

  • 1. Google Analytics Campaign URL Builder

Serve para construíres URLs para websites.

  • 2. Google Play URL Builder 

Serve para construíres URLs para aplicações (apps) alojadas no Google Play Store.

  • 3. iOS Campaign Tracking URL Builder

Serve para construíres URLs para aplicações (apps) alojadas na Apple Play Store.

Hoje, vamos falar da primeira ferramenta que te indiquei a propósito dos URL builders: o Google Analytics Campaign URL Builder!

(Basta pesquisares “URL builder” no Google e encontrarás, logo na primeira posição da primeira página de resultados de pesquisa, esta ferramenta fantástica!) 😄

Como expliquei acima, o Google Analytics Campaign URL Builder vai parametrizar tudo aquilo que queremos saber, desde o sítio de onde o utilizador veio, até ao modo como ele chegou à página web que queremos analisar. 

DICA: Continua a ler para acederes ao bónus GRATUITO que preparei para ti, num documento Google Spreadsheets, para que facilitar este processo e conseguires fazer isto em massa, sem teres de utilizar sempre o URL Builder 😉

Agora que já entendeste como é que um URL builder funciona, em teoria, vais aprender como tirar o máximo proveito do URL Builder, na prática

 

2. Quando e como usar um URL Builder? 

Os parâmetros UTM colocados nos teus URLs através de um URL builder são indispensáveis se, por exemplo: 

  • – Estiveres a fazer campanhas em Google Ads;
  • – Escreveste um eBook com backlinks que direcionam o utilizador para o teu website;
  • – Quiseres enviar uma newsletter para os teus contactos por e-mail, entre outros!

Vais agora perceber como podes parametrizar o teu URL, a partir de um exemplo que demonstro em VÍDEO (tutorial)

 

“Como saber quantas pessoas acedem ao meu website a partir do link para o mesmo que possuo na minha assinatura de e-mail?”

 

 

  • a) Quando abrimos o URL Builder, a primeira coisa que nos é pedida, como campo obrigatório, é o endereço da página web cujo tráfego queremos analisar, ou seja, o “Website URL” (ou “URL do site”). Vamos à página web que queremos analisar, copiamos o seu URL e colamo-lo no campo respetivo, na ferramenta.

  • b) De seguida, temos o campo Source” (ou “Origem”). A origem pode ser o Google, o Facebook, e-mail marketing, etc. Neste caso, a origem é o e-mail, já que queremos descobrir quantas pessoas acedem à tua página web a partir da tua assinatura de e-mail. Assim sendo, colocamos, no campo da origem da campanha, a palavra “e-mail.”

  • c) De seguida, em Campaign Medium” (ou “Meio da campanha”), referimo-nos ao meio pelo qual as pessoas acedem, precisamente, à minha página web: pode ser um banner, um anúncio de Google Ads, entre outros. Neste caso, o nosso meio de campanha é a nossa “Assinatura de e-mail”.

  • d) Em “Campaign Name” (ou “Nome da campanha”), podemos colocar, para distinguir os vários URLs obtidos: o nome do produto, do código promocional ou do slogan, etc. Tipicamente, coloca-se o nome do funcionário, do trabalhador detentor do e-mail considerado. Neste exemplo, coloquei o meu próprio nome: Marco Gouveia.

NOTA: Para este caso, que exemplifico no vídeo e que explano aqui, no post, não é necessário preencheres os campos relativos aos parâmetros UTM opcionais! 

Mais abaixo, depois de seguires as instruções acima indicadas, aparecer-te-á o teu URL etiquetado, parametrizado – ou seja, não terás apenas o URL da página, mas também parâmetros adicionais que o Google Analytics vai conseguir, deste modo, ler (pemitindo-te aceder a todas as informações de que precisas para teceres conclusões pertinentes sobre a eficácia dos teus e-mails, na tarefa de levar utilizadores ao teu website)!

 

“Mas o que é que fazemos com este URL etiquetado, Marco?”

 

Vais descobri-lo agora! 😃 

Ainda com o mesmo objetivo de entender quantas pessoas acedem ao teu website a partir da tua assinatura de e-mail:

      • 1. Copiamos o URL gerado pelo Google Analytics Campaign URL Builder;

      • 2. Vamos ao nosso e-mail, à parte correspondente às Definições da nossa assinatura de e-mail, escrevemos o texto pretendido para a mesma – ou seja, o texto que queremos que apareça como sendo a nossa assinatura de e-mail -, selecionamo-lo e clicamos no botão do “Link”, para adicionar uma hiperligação.


      • 3. Lá, em vez de colocarmos apenas o link do Google Analytics, vamos colocar o URL já parametrizado que originámos anteriormente, no URL Builder (onde já estão incluídos a origem, o meio e o nome da campanha).

      • 4.Clicamos em “OK” e, a partir de agora, aquilo que o utilizador vai ver na minha assinatura de e-mail é o texto que eu escrevi – neste caso, “Visitar website”.  Ele não vai conseguir ver todos estes parâmetros, que são o que me vai permitir saber verificar, no Google Analytics, quantas pessoas clicaram na minha assinatura de e-mail e, por essa via, visitaram o meu website, efetuando, inclusive, a sua inscrição no meu curso de Google Analytics!

Já está! Viste como é bastante rápido e fácil? 😜  Mas as boas notícias ainda não acabaram…

O momento de te revelar a surpresa que preparei para ti chega AGORA! 😄

Criei, pois, uma MEGA ferramenta no Google Spreadsheets, onde poderás colocar o endereço do teu website, preenchendo, depois, o meio (Assinatura), a origem (E-Mail) e o nome da campanha (onde poderás colocar o nome do colaborador em questão), de modo a gerares mais rápida e facilmente URL parametrizados à prova de erro! :D.

Aqui está ele, para que possas descarregá-lo agora basta preencheres este formulário: 

Download da Ferramenta de UTM - Google Spread Sheet

    Siga este link para aceder a Política de Privacidade

A verdade é que o documento GRATUITO “URL Builder – Google Spreadsheet (Download)” que elaborei para ti está programado para colocar tudo em letras minúsculas e, em vez de colocar espaços, no “Endereço a utilizar”, colocar hífens na separação das palavras. 

Pensei em criar este bónus porque esta é, de facto, a forma correta de elaborar URLs

Ao criarmos várias etiquetagens – uma com minúsculas, outra com maiúscula, uma com espaço, outra sem -, o Analytics vai dividir a informação relativa ao ponto a analisar em vez de somá-la, pelo que vamos perder grande parte dela (o que não é, de todo, conveniente!). Desta forma, ao usares o documento que te deixo disponível, não terás de te preocupar com isso, pois está tudo pensado para automatizar o processo e corrigir eventuais erros em que incorras!

Fantástico, certo? 🙌🏼  Só falta responder à última questão!

 

b. Como analisar as conversões das campanhas, em Google Analytics?

Para poderes medir o desempenho das tuas campanhas no digital, como te tenho vindo a dizer, o Google Analytics é o teu melhor recurso!

Lá, poderás encontrar dados sobre a eficácia dos teus e-mails, número de cliques, número de downloads de ficheiros que disponibilizes para esse fim, número de compras realizadas, entre outros.

Para tal, terás, apenas, de te associar, com uma conta de e-mail, ao Google Analytics! 😉 

  • – Depois de entrares no Google Analytics, basta ires ao menu “Acquisition”, à esquerda, clicando depois em “Campaigns” e, por fim, em “All Campaigns”. É aqui que poderás verificar que conversões as tuas campanhas têm gerado, entre várias outras métricas que te poderão ser úteis.
  • – Para analisares, especificamente, a performance das tuas campanhas em termos de conversões, basta olhares para a coluna das conversões, cujo título encontrarás no topo da tabela que ocupa a maioria da página web, do lado direito. Aí, poderás, inclusive, escolher o objetivo (“goal”) de conversão que pretendes analisar para cada campanha!

Agora sim, estás bem equipado para arrasar na análise das tuas campanhas de marketing digital! 😀

 

E que tal? Gostaste das dicas? Se gostaste deste vídeo e achas que este post pode ser útil a alguém que conheças, partilha-os!

 

Conta-me, também, nos comentários, se te convenci a usar o URL Builder ou se já o utilizas. 

Não te esqueças de descarregar o documento Google Spreadsheets GRATUITO que fiz a pensar em ti! É verdadeiramente útil!

Já sabes: rumo ao sucesso! 🚀 Muito obrigado e até ao próximo post!

Solicitar Orçamento

Procura um Consultor com vasta experiência na área do Marketing Digital, focado em alcançar objectivos e em aumentar o ROI dos seus Clientes? Não hesite:

Subscreva a newsletter!

    Siga este link para aceder a Política de Privacidade
No Comments

Comente

Mais artigos

Ver todos os artigos