Youtube Ads: formatos de anúncio do Youtube

Olá! 😃

Espero que te encontres bem e muito motivado, porque hoje trago-te um tema muito importante nos dias que correm, o Youtube Ads. Sabias que já podes criar os teus próximos anúncios, ou publicitar um vídeo que já tenhas publicado nesta plataforma?

Nos próximos minutos vou partilhar contigo tudo o que precisas de saber para começares a criar os teus anúncios no Youtube.

Eis o que te vou dar a conhecer neste artigo:

  1. 1. O que é o Youtube Ads e porque é que é tão rentável?
  2. 2. Quais os tipos de anúncios disponíveis no Youtube?
    1. – TrueView Ads
    2. – Video Discovery Ads
    3. – Bumper Ads

 

  1. 1. O que é o Youtube Ads e porque é tão rentável?

O Youtube sendo uma das redes mais usadas em todo o mundo (Hootsuite, 2019) é o 2º principal motor de pesquisa, a seguir ao Google e, todos os meses, cerca de 1,9 mil milhões de usuários fazem login na sua conta  – é, sem dúvida, uma das plataformas mais apetecíveis para publicitar conteúdos. Além disso, apresenta um enorme potencial de rentabilidade e está atualmente presente em todas as redes sociais. 

A publicidade online já não é exclusiva às grandes empresas. É, hoje, acessível para qualquer empresa ou pessoa que queira destacar o seu vídeo, atraindo para o seu canal visualizações, likes, partilhas, novos visitantes e subscritores. Como afirma a própria plataforma, com o Youtube Ads qualquer um pode atingir “potenciais clientes” e apenas pagar quando eles veem ou clicam no vídeo. Tão simples quanto isto. 

Criar um conjunto de anúncios para o Youtube é uma forma de garantires que a tua audiência encontra o teu vídeo. Agora é possível direcionar os anúncios para quem pesquisou recentemente sobre o tema do vídeo, o que aumenta, substancialmente, a probabilidade desse utilizador clicar e ver o anúncio na totalidade. Outro ponto a favor é que o Youtube Ads é mais barato do que muitas das plataformas de anúncios online, tendo um custo por clique médio de 0,06$,(aproximadamente o mesmo valor em euros).

Mas será possível um mesmo vídeo surgir sob várias formas de anúncio no Youtube? A resposta é um redondo sim. De forma a chegar eficazmente ao seu público-alvo, ou, até quem sabe, descobrir novas audiências, o Youtube oferece diferentes formatos de anúncios em YouTube Ads. As opções de formato permitem-nos criar vários anúncios para uma mesma campanha, garantindo assim uma estratégia integrada e objetiva.

Afinal, quais os tipos de anúncios que tens disponíveis no Youtube?

 

  1. 2. Tipos de anúncios disponíveis no Youtube 
  1. A) TrueView Ads

Este é o formato de anúncio mais comum no Youtube. Estes anúncios são facilmente personalizáveis e, por isso, versáteis, oferecendo uma ampla janela de possibilidades de partilha de conteúdo. Os anunciantes só pagam pelo anúncio, quando houver uma interação por parte dos utilizadores, que têm de clicar no CTA (apelo à ação) ou visualizar, pelo menos 30 segundos, do vídeo. São anúncios de baixo risco, pois raramente se desperdiça investimento com público desinteressante, uma vez que o utilizador terá de interagir diretamente com o anúncio (a não ser que o façam sem querer, o que também acontece 🙄). Outra das vantagens é a ampla audiência que permite alcançar, pois a plataforma combina o histórico de pesquisas realizadas pelo utilizador, no Google e no Youtube, e relaciona-as com os anúncios, o que garante uma maior relevância. 

Existem dois tipos de TrueView Ads:

  1. A1) Anúncios de Video Discovery (Video discovery ads):

Estes anúncios surgem na página inicial do Youtube, nos resultados de pesquisa e na página de visualização de vídeos, tanto no computador, como nos dispositivos móveis. Estes anúncios não têm limite de duração, porque não estão inseridos dentro do próprio “vídeo”, ou seja, ao clicar no anúncio o utilizador é redirecionado para a página de visualização ou para o canal do anunciante, onde poderá ver o vídeo na íntegra. 

O título do anúncio poderá ter até 25 caracteres e o corpo no anúncio pode ter até duas linhas, cada uma com 35 palavras no máximo. São campanhas de baixo risco e com altos ganhos, até mesmo um anúncio ignorado pelo utilizador, pode estimular a notoriedade e engagement

 

  1. A2) Anúncios in-stream ignoráveis (Trueview In-stream Ads):

Estes anúncios são exibidos antes, durante ou depois do vídeo que que pretendemos ver. Podem surgir nos vídeos da própria plataforma, em vídeos do Youtube publicados em páginas ou apps, ou até, em websites e apps parceiros da Google Display Network.

Estes anúncios podem ser ignorados após 5 segundos, clicando em “skip ad”. A contagem de visualizações aumenta a partir do momento em que o utilizador vê 30 segundos do vídeo (ou a sua totalidade, se a duração for inferior), ou quando interage com o anúncio (clicando no CTA, ou no apelo à ação, dito em bom português). Neste formato, é possível personalizar o anúncio com diferentes CTA, nomeadamente: visitas ao website, cartões (com inquéritos ou links para outros canais) ou banners da complementares.

O In-stream Ad deve ter até 3 minutos de duração, mas, normalmente, recomenda-se que tenha até 30 segundos. O Youtube Analytics não irá acompanhar visualizações inferiores a 10 segundos, por isso, o anúncio deverá ter no mínimo 12 segundos.  

Uma vez que estes anúncios são ignoráveis, devemos ter particular atenção ao início do vídeo, pois temos de dar ao utilizador uma razão para que continue a ver o anúncio, após os primeiros 5 segundos de vídeo.  O meu conselho é que contes uma história inspiradora no pouco tempo que tens disponível, só assim conseguirás captar e reter o utilizador. É também fundamental que mostres os elementos da tua marca (o nome e logótipo) e coloques uma música ou aúdio espetaculares, logo no ínicio do vídeo. 

Os In-Stream Ads permitem, ainda, que os anunciantes obtenham uma enorme quantidade de informação acerca dos seus anúncios, do seu impacto e performance. Com estes dados conseguirás otimizar o teu anúncio, compreender o valor real que gastaste na campanha e, assim, saber onde alocar mais orçamento e como melhorar os resultados.

 

 

Sabias que?

Segundo a Hootsuite, 76% das pessoas fazem “skip” nos anúncios quando lhes é dada essa opção, porém, mesmo os utilizadores que ignoram os TrueView Ads tem 10 vezes mais probabilidade de visitar ou subscrever o canal da marca, do que aqueles que nunca foram expostos ao anúncio. Se considerarmos os utilizadores que, de facto, visualizam o anúncio então a probabilidade de subscreverem é 23 vezes superior!

 

  1. B) Anúncios in-stream não ignoráveis (non-skippable in-stream ads)

Este formato de anúncio em vídeo é não ignorável, ou seja, o utilizador terá, obrigatoriamente, de visualizá-lo até ao fim. Pode surgir antes, durante ou no final do vídeo selecionado, no Youtube,  em vídeos em websites externos, ou em parceiros da rede Display Google. Estes vídeos podem ter uma duração até 15-20 segundos e garantem a mesma liberdade criação de conteúdo, que os TrueView ads. 

Dado que o utilizador não poderá ignorar o anúncio a sua mensagem deve ser muito concisa e deve apelar à ação. Este formato de anúncio é baseado no CPM, (custo por mil impressões), e devemos, por isso, fazer com que cada visualização conte. Se prentendes transmitir uma história neste tempo, terás de fazê-lo de uma forma muito focada. Também poderás apresentar casos de estudo muito curtos, ou mostrar de forma o valor do teu produto ou serviço para a audiência. Nestes anúncios, poderás definir o montante que estás disposto a pagar por cada mil visualizações. 

Dica: a mensagem deve ser comunicada muito diretamente, para que mesmo alguém que não está interessado no seu anúncio, consiga, ainda assim, “ouvir” o que quer transmitir no vídeo. Este formato de anúncio é eficaz para aumentar a exposição da marca a públicos-alvo específicos.

 

  1. C) Anúncios breves (Bumper ads)

Este é o terceiro e mais pequeno tipo de anúncios em vídeo no youtube. Apesar de não ser possíveis de ignorar, são regra geral mais “toleráveis” pela sua reduzida duração. à semelhança dos anteriores, estes vídeos podem aparecer no Youtube e em websites e apps parceiras da rede display e o pagamento é feito com base no CPM. 

Cada anúncio tem no máximo 6 segundos e surge sempre antes de iniciar o vídeo escolhido. Por serem vídeos pequenos não dão para contar uma história ou transmitir uma mensagem mais longa, mas são excelentes complementos para um vídeo de campanha maior, ou até mesmo para o lançamento de um novo produto ou evento. Deves usar estes 5 segundos sabiamente e incluir os componentes da tua marca, para que os utilizadores percebam logo do que se trata! Para te inspirares, o Youtube partilhou os 20 bumper ads do momento.

 

 

Queres saber como configurar o teu anúncio? 

Explico-te todo o passo-a-passo neste artigo exlusivo sobre como anunciar no Youtube 👈🏻

Espero que tenhas gostado do artigo! Qualquer dúvida parttilha-a nos comentários!

Até à próxima! 👋🏻👋🏻

Solicitar Orçamento

Procura um Consultor com vasta experiência na área do Marketing Digital, focado em alcançar objectivos e em aumentar o ROI dos seus Clientes? Não hesite:

Subscreva a newsletter!

No Comments

Comente

Mais artigos

Ver todos os artigos