Google Ad Grants: Anúncios para ONG

A Google lançou, durante a pandemia da Covid-19, um novo recurso para apoiar organizações sem fins lucrativos: o Google Ad Grants. ✨ Agora, é possível ONG receberem até 10 mil dólares por mês para partilharem a sua causa com o mundo! 

Como não podia deixar de ser, decidi escrever este artigo para esclarecer todas as questões pertinentes relativamente ao novo recurso da Google. 

Aqui, vais ler:

O que é o Google Ad Grants?

O Google Ad Grants é um recurso lançado pela Google para ajudar organizações sem fins lucrativos a obterem maior exposição no mundo digital, aumentando a probabilidade de recrutar mais voluntários, atrair mais doações e, assim, garantir a continuidade da sua ação.

Com o Google Ad Grants, é possível organizações sem fins lucrativos receberem até 10 mil dólares por mês para partilharem a sua causa com o mundo, através da gigantesca plataforma de anúncios do Google: o Google Ads!

👉 Se quiseres saber mais acerca do Google Ads, podes ler o meu artigo aqui no blog onde explico O que é o Google Ads? 

O Google Ad Grants é, portanto, uma forma de direcionar fundos do Google Ads para instituições desta natureza, a fim de as ajudar, oferecendo-lhes a possibilidade de anunciarem na plataforma gratuitamente (dentro do orçamento estipulado).

 

As organizações sem fins lucrativos interessadas devem:

  1. Inscrever-se na plataforma;
  2. Depois, entram num processo de seleção para determinar se estão aptas a usufruir deste recurso, uma vez que têm, obrigatoriamente, de cumprir certos requisitos para serem qualificadas (e manterem essa qualificação ativa);
  3. Caso se verifique que a organização sem fins lucrativos cumpre os requisitos necessários, esta passa, então, a ter o direito de usar a ferramenta, atendendo a algumas regras (de que falarei adiante). 🙂

 

Vantagens do Google Ad Grants

Sob o mote “Vamos mudar o mundo”, o Google Ad Grants promete, essencialmente, 3 feitos às organizações sem fins lucrativos que cheguem a utilizar a ferramenta:

  • Mais visibilidade
  • Mais doações
  • Mais voluntários

Em princípio, será esse o resultado alcançado ao compartilharem a sua mensagem com pessoas que querem ajudar, utilizando o Google Ad Grants.

No que respeita às principais vantagens do Google Ad Grants, destacam-se as seguintes:

Aparecer na página de resultados do Google

O Google Ad Grants exibe os teus anúncios, na rede de pesquisa Google, a pessoas que estão, efetivamente, a procurar por organizações sem fins lucrativos. Desta forma, ajuda a tua organização sem fins lucrativos a estabelecer contacto com pessoas que antes não a conheciam! 👋

Com o Google Ad Grants, torna-se, agora, mais fácil criar uma maior sensibilização para as causas que estas organizações defendem, espalhando a sua mensagem pelo mundo ou impactando pessoas perto delas (dependendo do objetivo da organização em causa).

Incentivar doações

É muito habitual as pessoas até terem o impulso de doar, mas, no final de contas, acabarem por desistir, devido à complexidade de todo o processo (ou mesmo à desconfiança no mesmo…).  

Segundo a Google, o Google Ad Grants facilita a doação para as causas que a ele recorrem, o que é fantástico: quanto mais fácil o processo de doação, mais contribuições as pessoas farão! 💸

Possibilidade de Controlar e Otimizar

Como já era de esperar, a Google oferece-te informações detalhadas para construíres anúncios mais inteligentes, incluindo ferramentas poderosas para te ajudar a criar, segmentar e otimizar as tuas campanhas! ✅

Assim que os teus anúncios estiverem no ar, podes recorrer ao Google Analytics – mais especificamente, ao rastreamento das conversões – para estares a par do desempenho dos anúncios. “Quais são as palavras-chave mais fortes? Que anúncios estão a impulsionar mais doações ou a atrair mais voluntários?”… Terás a resposta a estas e muitas outras questões!

👉 Se quiseres aprender mais sobre Google Analytics, lê o meu artigo sobre O que é o Google Analytics e porque é tão importante? 

 

Como funciona o Google Ad Grants?

De forma “incrivelmente simples”!

Sejas experiente ou não, o Google Ad Grants facilita-te o caminho! Disponibiliza soluções de publicidade criadas para organizações sem fins lucrativos de todos os tipos, facilitando o próprio lançamento das campanhas.

De seguida, dou-te resposta a algumas questões que considerei pertinentes:

– Onde e como aparecem os anúncios do Google Ad Grants?

Os anúncios do Google Ad Grants surgem na Rede de Pesquisa do Google, de forma similar aos anúncios do Google Ads, mas apenas em formato de texto. 

Contudo, na altura de escolher as palavras-chave do teu anúncio, aconselho a que verifiques se existe alguma instituição que paga para anunciar com a palavra-chave que desejas.

Caso já exista, o teu anúncio será sempre exibido abaixo do anúncio pago. Portanto, dedica algum tempo a escolher as melhores palavras-chave para te posicionares o melhor possível!

– Que tipos de anúncio posso criar com o Google Ad Grants?

Como disse acima, o Google Ad Grants só permite a criação de anúncios em texto. Por isso, tens de criar anúncios que realmente se destaquem e que levem as pessoas a saber mais sobre a tua ONG e respetiva causa.

Tem muita atenção aos erros ortográficos e dispensa informações supérfluas! Caso a pessoa tenha realmente interesse na causa, conseguirá obter toda a informação necessária no teu website ou redes sociais, certo? Só precisas de chamar a sua atenção! 🤩

– Como funciona o Custo Por Clique (CPC)?

Assim como em qualquer campanha paga, o CPC depende do “leilão” em vigor e da concorrência para cada palavra-chave. Quando mais procurada ela for, maior deve ser o lance, em princípio.

Ainda assim, para ajudar a garantir um desempenho satisfatório, o Google permite o uso de palavras-chave com CPC até 2 dólares para lances manuais. Caso tenhas dúvidas quanto ao valor das palavras-chave que escolheste, podes sempre deixar o Google definir esse valor de forma automática.

 

Requisitos para usar o Google Ad Grants

Para serem qualificadas e usufruírem do Google Ad Grants, bem como para manterem essa qualificação ativa, as organizações devem cumprir alguns requisitos:

a) Ser uma organização sem fins lucrativos

A intenção da Google com este novo recurso é, justamente, aumentar o impacto social das organizações sem fins lucrativos, pelo que, todas as instituições com fins comerciais estão automaticamente excluídas.

Podem, então, ser aprovadas as seguintes:

  • Organizações Não-Governamentais (ONG) ou Organizações de Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP);
  • Organizações Sociais (OS);
  • Organizações de Utilidade Pública Federal (UPF);
  • Associações sem fins lucrativos, em geral, como empresa júnior (EF).

Entre as que são automaticamente excluídas, estão:

  • Entidades governamentais;
  • Hospitais;
  • Creches;
  • Escolas ou universidades;
  • Empresas com fins comerciais, no geral.

b) Estar sediada num dos países em que a Google opera

A Google trabalha com mais de 20 mil organizações sem fins lucrativos em mais de 50 países. Para beneficiar do Google Ad Grants, a tua organização sem fins lucrativos deve estar sediada em algum destes países:

Sim, viste bem, Portugal não está nesta lista. 😕 Contudo, sei que é possível utilizar o Google Ad Grants no país. Infelizmente, ainda não te sei dizer exatamente sob que moldes, mas brevemente atualizarei este artigo com tudo o que precisas de saber!

c) Inscrever-se no Google para organizações sem fins lucrativos 

A tua organização precisa de ter um status de instituição de caridade válido. Consulta a página do Google para organizações sem fins lucrativos e atenta nas definições de status de instituição de caridade no país.

Como já vimos, entidades e organizações governamentais, hospitais, escolas e universidades não se qualificam para o Google Ad Grants. No entanto, divisões filantrópicas de instituições de ensino podem qualificar-se.

d) Aceitar os Termos e Condições da Google

Tens de reconhecer e aceitar os certificados exigidos pela Google referentes, entre outras coisas, à não-discriminação e ao uso e recepção de doações.

e) Possuir um website de alta qualidade

Um website é considerado de alta qualidade se tiver conteúdo relevante, for user-friendly e estiver de acordo com a política de sites do Google Ad Grants, entre outros aspetos.

f) Receber a aprovação

Depois de fazeres a inscrição no Google para organizações sem fins lucrativos, tens de receber a aprovação no processo de pré-qualificação do Google Ad Grants.

É de salientar que, se em algum momento a organização deixar de cumprir um destes requisitos, deixa de ser beneficiária do Google Ad Grants. Para manter a sua qualificação, as organizações devem obedecer às políticas do programa. 

 

Como começar a usar o Google Ad Grants?

São apenas 5 as etapas necessárias para te inscreveres no Google Ad Grants

a) Cumprir os requisitos necessários

Antes de te inscreveres, verifica se a tua organização está apta para ser qualificada. Tem de estar sediada num país onde o Google Ad Grants está disponível e deve estar em conformidade com os requisitos para qualificação. 

b) Fazer a inscrição no Google para organizações sem fins lucrativos

Pressupondo que a tua organização se qualifica, deves inscrever-te no Google para organizações sem fins lucrativos.

c) Enviar o formulário de qualificação do Google Ad Grants

Depois de aprovarem a tua conta no Google para organizações sem fins lucrativos, envia o formulário de qualificação disponível na página de ativação do Ad Grants dessa conta.

d) Confirmar o preenchimento do formulário

Regressa à tua conta do Google para organizações sem fins lucrativos e confirma o preenchimento do formulário.

e) Enviar a solicitação de ativação

Envia a tua ativação para análise. A equipa do Google Ad Grants vai informar-te sobre o status da tua solicitação assim que possível.

 

Por fim, quero deixar-te algumas dicas para seres bem-sucedido no Google Ad Grants.

 

Dicas para ser bem-sucedido no Google Ad Grants

  • Em primeiro lugar, atenção à estruturação da tua conta!
  • Faz uma pesquisa intensa de palavras-chave e, depois, cria grupos de anúncios. Lembra-te que é obrigatório ter pelo menos dois anúncios para cada grupo.
  • Quanto ao anúncio em si, elabora um texto claro, direto e apelativo. Usa a palavra-chave presente no título e, de preferência, também no corpo do texto e no link. Isso vai ajudar em termos de relevância do anúncio e, consequentemente, de notoriedade.
  • Não tenhas medo de testar! Prepara-te para realizar vários testes, de maneira a encontrares a alternativa que resulta melhor para o teu público. Cria sempre 2 versões do mesmo anúncio, com ligeiras alterações entre eles.
  • Segmenta os teus anúncios por região e idioma, pois isso vai aumentar a relevância e melhorar a Taxa de Cliques.
  • Lembra-te, também, de fazer uso das palavras-chave negativas. Elas vão ajudar-te a evitar a exibição dos anúncios a pessoas que não estão interessadas no tema.
  • Por último, vai acompanhando as métricas! Observa os comportamentos das pessoas no website, tenta entender como poderás aumentar as conversões e, depois, cria anúncios otimizados para gerares resultados ainda melhores!

 

Espero que este conteúdo tenha sido interessante para ti! 🙌

Fica atento às minhas redes sociais para não perderes a atualização deste artigo e o lançamento de muitos outros!

Conto contigo para embarcarmos nesta jornada de Marketing Digital, juntos. 😉

Até já,

Marco

Solicitar Orçamento

Procura um Consultor com vasta experiência na área do Marketing Digital, focado em alcançar objectivos e em aumentar o ROI dos seus Clientes? Não hesite:

Subscreva a newsletter!

    Siga este link para aceder a Política de Privacidade
No Comments

Comente

Mais artigos

Ver todos os artigos